Principal Artigos Como Comprar Quem somos Links Contato Atualizar cadastro
Procurar

Catálogo
Novas Adições (42)
Canetas Reservadas e Vendidas (49)
Catálogos (3)
Desk Sets e Dip Pens (3)
Esterbrook (17)
Faber-Castell (10)
Faber-Castell - Lapiseiras (18)
Faber-Castell - Duos (5)
Faber-Castell - Esferos (29)
Lapiseiras - Minas - Outros (4)
Lapiseiras PRO - 2,0mm (6)
Lapiseiras PRO - 5,6mm (8)
Lapiseiras Profissionais (16)
MontBlanc (8)
Outras (48)
Parker 51 (30)
Parker 21, 41 e 45 (34)
Parker Duofold (30)
Parker 61, 65 e 75 (25)
Parker Jotter e Esferos (27)
Parker Outras (63)
Parker Vacumatic (31)
Pelikan (13)
Sheaffer Anos 20 e 30 (15)
Sheaffer pós 1940 (26)
Sheaffer Snorkel (11)
Waterman (18)

Adicione este site aos Favoritos

Notícias

Leia na Seção Artigos: A tinta para canetas-tinteiro
Outras Notícias

Carrinho de Compras


Cadastro
Checar Pedido

Artigo

A Maravilhosa Parker 51 - Mark I - Tipo 1

A Parker “51” é a caneta-tinteiro mais vendida no mundo em todos os tempos. A Parker levou 11 anos para desenvolvê-la, pois entendia que esta caneta deveria revolucionar o mercado. Foram vendidas mais de 20 milhões de canetas durante os mais de 30 anos em que reinou soberana na mente e na mão de seus consumidores. A Parker gastou muito dinheiro para promovê-la, mas valeu a pena, porque em 1969 ela já tinha alcançado os 400 milhões de dólares em vendas.
 
 
A Parker 51 Mark I é provavelmente a caneta mais funcional jamais feita. Nunca vazava nem pingava, sempre funcionava bem e quase nunca quebrava. É, na nossa opinião e na de milhares de admiradores,ainda hoje, um dos mais belos projetos de caneta jamais feitos. Foi a primeira caneta com pena oculta, uma maneira de evitar que a tinta secasse no trajeto entre o reservatório de tinta e o papel.
 
O nosso objetivo neste artigo é mostrar as características da Parker 51 - Mark I - Tipo 1, que foi a primeira caneta com sistema de alimentação do tipo aerométrico e fabricada apenas em 1948 e 1949.
 
Sistema de Alimentação da Parker 51 Aerométrica
 
O sistema de alimentação da Mark I - tipo 1, é aerométrico, com o mecanismo metálico que envolve o saco de borracha (Pli Glass) em alumínio cromado. A Parker logo percebeu que a camada de cromo, em muitos casos, rapidamente se soltava da base de metal em alumínio, deixando esse mecanismo com uma aparência feia, apesar de não afetar o desempenho da caneta. Na foto a seguir são mostrados dois desses mecanismos, um em muito bom estado e outro com a camada de cromo deteriorada.
 
 
 
Consciente desse problema que ocorria em algumas canetas, a Parker trocou o alumínio cromado por aço, nos modelos posteriores, ou seja, quando lançou em 1950 a Mark I, tipo 2. No mecanismo de alimentação da Mark I, tipo 1, está sempre gravado:“Press ribbed bar 6 times” (pressione a barra estriada 6 vezes)e é por isso que essa caneta é conhecida como 6 Times (Six Times) e que teve vida curta pois a Parker percebeu que alterando um pouco projeto inicial poderia ter uma caneta que precisaria de apenas 4 pressionamentos na barra estriada, obtendo o mesmo efeito em termos de enchimento. Assim, a Mark I tipo 2 era diferente no tipo de material do mecanismo alimentador e nos dizeres; "Press ribbed bar 4 times" (pressione a barra estriada 4 vezes), ficando assim essa caneta conhecida como 4 Times (Four Times). Veja as diferenças no artigo Parker 51: 6 times ou 4 Times?. A seguir uma foto desses mecanismos anteriormente descritos.
 

 
O Clipe Transicional
 
 
Na Mark I tipo 1 a Parker trocou o clipe curto, de 36mm que era usado na "51" Vacumatic, por um clipe maior que media 43mm e não trazia a marca Parker inserida. Esse clipe ficou conhecido como Clipe de Transição e durou apenas os dois anos em que a Mark I, tipo 1 foi fabricada. O clipe da Mark I, tipo 2 foi novamente diminuido para 39mm e é conhecido como o clipe tradicional dessas canetas. A seguir uma foto ilustrando esses clipes.
 
 
 
 
As Cores da Parker 51 - Mark I - Tipo 1
 
A Parker 51 aerométrica foi fabricada em 10 cores, que são apresentadas na foto a seguir, exceto a Flighter: 
     
  • Signet - toda folheada a ouro 
  • Forest Green - Verde Escuro 
  • Midnight Blue - Azul Escuro 
  • Burgundy - Vinho 
  • Black - Preta 
  • Cocoa - Bege - cor de chocolate 
  • Navy Grey - Cinza Esverdeado 
  • Plum - Uva - a cor mais rara das P51 
  • Teal Blue - Azul Real 
  • Flighter - toda em aço escovado
 
 

 
 
Vários tipos de tampas, todas com o clipe transicional foram fabricadas sendo as mais importantes: 
     
  • Gold Filled - folheada a ouro 
  • Toda em aço 
  • Aço com o clipe folheado a ouro 
  • Aço com a borda espelhada
 
A Parker também nesse período fabricou a Demi-Size 6 Times em todas as cores já apresentadas. 
Todas as Mark I tipo 1 trazem no corpo logo abaixo do anel que o une a concha, os dizeres Parker 51 - Made in USA e o dígito 8 ou 9 indicando o ano de 1948 ou 1949. Para saber mais sobre o sistema de datação de canetas Parker consulte o artigo "O Fácil Sistema de Numeração das Parker Vacumatics e Aerométricas".
 
 
Estaremos providenciando um novo artigo sobre as Parker "51" Mark I, tipo 2, mostrando as diferenças entre essas canetas. 
A grande notícia que se pode dar é que com exceções da Signet, Flighter e da Uva, que são raras e caras, todas as canetas Mark I, tipo 1, estão disponíveis no mercado, são relativamente fácéis de ser adquiridas e os preços são bastante razoáveis. O desempenho destas canetas também é excelente.
 
 
Star Fountain Pen - Janeiro de 2003 
 
As canetas fotografadas fazem parte da coleção de Humberto Sanches 
 
Texto por: Humberto Sanches 
Fotos por: Miro Pedroso 
 
 
 
 
 
 
StarFountainPen.com.br ©2002-2017 - www.starfountainpen.com.br