Principal Artigos Como Comprar Quem somos Links Contato Atualizar cadastro
Procurar

Catálogo
Novas Adições (53)
Canetas Reservadas e Vendidas (45)
Catálogos (3)
Desk Sets e Dip Pens (3)
Esterbrook (15)
Faber-Castell (9)
Faber-Castell - Lapiseiras (18)
Faber-Castell - Duos (5)
Faber-Castell - Esferos (29)
Lapiseiras - Minas - Outros (4)
Lapiseiras PRO - 2,0mm (6)
Lapiseiras PRO - 5,6mm (8)
Lapiseiras Profissionais (16)
MontBlanc (8)
Outras (37)
Parker 51 (36)
Parker 21, 41 e 45 (31)
Parker Duofold (26)
Parker 61, 65 e 75 (19)
Parker Jotter e Esferos (28)
Parker Outras (56)
Parker Vacumatic (31)
Pelikan (12)
Sheaffer Anos 20 e 30 (12)
Sheaffer pós 1940 (24)
Sheaffer Snorkel (12)
Waterman (18)

Adicione este site aos Favoritos

Notícias

Leia na Seção Artigos: A tinta para canetas-tinteiro
Outras Notícias

Carrinho de Compras


Cadastro
Checar Pedido

Artigo

Bibliografia Recomendada

Fountain Pens and Pencils - The Golden Age of Writing Instruments. 
 
O livro é de autoria de George Fischler e Stuart Schneider, segunda edição de 1998. Além de uma breve história sobre as origens das canetas-tinteiro conta a trajetória dos principais fabricantes de canetas do século passado como: Waterman, Parker, Swan Pen, Mabie Todd & Co. Sheaffer, Wahl-Eversharp, Montblanc, Concklin, Moore, American Fountain Pen, A.A Waterman, Crocker, Chliton e outros fabricantes menores. Estão ilustradas mais de 1.000 canetas através de fotos muito bem feitas. É um livro de capa dura com mais de 300 páginas. Pode ser encontrado na amazon.com (wwww.amazon.com) e no Fountain Pen Hospital (www.fountainpenhospital.com) por US$ 79.95. É um livro que não pode faltar na biblioteca do colecionador de canetas. 
 
Fountain Pens - United States of America and United Kingdon. 
 
Outro grande livro de Andreas Lambrou enfocando os principais fabricantes de canetas dos Estados Unidos e Reino Unido. Tem 256 páginas, 540 ilustrações e 60 desenhos feitos a mão. Na seção dedicada aos Estados Unidos, após uma beve hstória, Andy discorre sobre as seguintes empresas: A.A. Waterman, Edward Todd, Aikin Lambert, Le Bouef, Diamond Point, Triad, Cartier, Waterman, Concklin, Parker, A.T. Cross, Sheaffer, Wahl-Eversharp, Chilton, Bexley, Renaissance e Henrik Wigstom. Na seção relativa ao Reino Unido, também após uma breve história são mostradas as principais canetas fabricadas pela Stephens, Mentmore/Platignum, Curzon/Summit, Wyvern, Burham, De La Rue, Mabie Todd, Conway Sterwart, Parker e Classic Pens. O livro foi publicado em 2000 pela Classic Pens Ltd e pode ser encontrado no Fountain Pen Hospital por US$ 49.00. 
 
Collectible Fountain Pens. 
 
Glen Benton Bowen é o fundador da Pen World International, revista especializada em instrumentos de escrita, lançada em 1987 e é distribuída em mais de 75 países, em todos os continentes. O Livro Collectible Fountain Pens foi originalmente publicado em 1982 e já vendeu até sua décima segunda edição mais de 60.000 cópias. Esta edição traz mais de 320 páginas em preto e branco e 15 páginas coloridas com fotografias de mais de 160 das mais importantes canetas fabricadas, com descrição e preço. Traz ainda uma descrição sumarizada do desenvolvimento da Parker, Sheaffer, Wahl-Eversharp e Waterman, documentada por muitas cópias de propaganda da época. O livro pode ser encontrado na amazon.com e Fountain Pen Hospital por US$ 21.95. 
A propósito, você sabia que a famosa Parker "51" foi testada comercialmente, em 1940, no Brasil, antes de ser lançada oficialmente nos Estados Unidos, em 1941? Esta informação pode ser checada na página 15 do livro Collectible Fountain Pens. 
 
Fountain Pens - Past and Present
 
Livro de Paul Erano, que é co-fundador da Hudson valley Pen Collector e participa de vários Pen Shows nos Estados Unidos. Livro de capa dura com 256 páginas mostrando o desenvolvimento das canetas-tinteiro, o colecionaismo de canetas, como construir uma coleção, onde encontrar, como guardar, reparar, revisar e selecionar uma caneta para uso diário. Discorre ainda sobre tintas, papel, cartas pessoais, avaliação de canetas e os principais fabricantes e as peças clássicas de cada um. Mostra a Concklin, Swan, Moore, Parker, Sheaffer, Wahl-Eversharp, L.E. Waterman. A partir daí divide o livro em quatro partes, enfocando a Era das Canetas Antigas, até os meados da década dos anos 1910; a Era Dourada de 1920 a 1940; a Era Moderna de 1940 a 1980 e à Era Contemporânea, mostrando as Edições Limitadas das Montblanc, Omas, Parker, Montegrappa, Pelikan, Namiki, Sheaffer, S.T. Dupont e outras até 1998. Pode ser encontrado na Amazon, Fountain Pen Hospital e David Nishimura (www.vintagepens.com, por US$ 24.95. 
 
Identifying Fountain Pen 
 
O autor Jonathan Steinberg é um advogado que se envolveu com canetas há mais de 20 anos e auxiliou na organização de diversos Pen Shows ao redor do mundo. 
Diferentemente da maioria da literatura existente, este livro editado em 1998, enfoca as canetas a partir do tipo de tecnologia usada pelos fabricantes. 
É interessante observar que no início do século XX o grande desafio dos fabricantes era modernizar o sistema de enchimento e a capacidade de retenção de tinta dos reservatórios. Assim, Steinberg mostra as "crescent filling" que tinham um anel que bloqueava o fluxo de tinta para o sistema de alimentação em contraponto a tecnologia "button-filling" (enchimento por botão), típica das Parker "Lucky Curve". São mostrados os sistemas de alimentação do tipo conta-gotas (eyedropper), por alavanca (lever-filling) e dedica 6 páginas às canetas "filligree" que são verdadeiras jóias, feitas artesanalmente usando ornamentos em fios de ouro e prata. 
O livro traz ainda as canetas a êmbolo e muitos outros tipos usados ao longo do tempo. Apresenta ao final um guia dos fabricantes onde coloca as canetas de alto valor, médio valor  
e as canetas de qualidade de baixo valor. Aconselha ainda quando e como comprar canetas.  
O livro pode ser encontrado na Amazon. 
 
Star Fountain Pen - julho/2002 
StarFountainPen.com.br ©2002-2017 - www.starfountainpen.com.br